Tamanduá mirim (Tamandua tetradactyla)

Atropelamento de Animais Silvestres – cena comum nas estradas de Pio IX
O tamanduá mirim encontra-se ameaçado por ações predatórias, como o desmatamento. E não bastando, são atropelados no percurso que fazem ao atravessarem estradas, tantas vezes por puro divertimento do bicho homem. Outras vezes os encontramos aniquilados a pauladas para deleite do mesmo bicho que o atropela. E ainda levados à panela para um jantar. Que fome é essa cidadão?!
Já por três vezes tive a oportunidade de poupar a agonia de um bicho desses. Uma das vezes o tirei de cima da carroceria de um carro que o transportava direto para a panela mais próxima. O bicho espancado parecia completamente desfalecido, mas foi só aplicar-lhe uma injeçãozinha pra, sem cerimônia, ele oferecer o seu o famoso abraço (em postura defensiva).
Desloca-se com uma habilidade, que só pude imaginar ao hospedá-lo no quintal da minha casa para curá-lo do espancamento. Não tive como contê-lo na sua escalada pelos muros, e ao anoitecer perdi totalmente o controle. No dia seguinte demos uma batida na vizinhança sem êxito, e restou noticiar na rádio local pedindo o resgate do fujão, para com sucesso devolvê-lo ao seu habitat natural.

AVISO AOS NAVEGANTES:  O Tamanduá-mirim é um bicho de hábitos solitário, suscetível de entrar em extinção, e que precisa da nossa “companhia” para garantir-lhe sobrevivência.

 

3 thoughts on “Tamanduá mirim (Tamandua tetradactyla)

  1. Olá hoje, eu quando estava voltando da escola da minha filha, tinha um tamanduá mirim na calçada da minha casa levei ele aqui para dentro oque eu posso fazer?

    (minha filha disse que devo ligar para o IBAMA mais não sei)

  2. Tia rosa, aqui na regiao de Campo Maior – catelos do Piaui, ele tambem é conhecido por "mambira", e infelizmente a realidade é a mesma daí de Pio IX, nao cruzo com menos de tres por semana atropelados na PI-115 e vicinais da regiao, é um numero muito grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *